ARTIGOS MAIS RECENTES

Os 20 atletas mais bem pagos do mundo em 2022

Atletas Mais Bem Pagos

Os rendimentos dos atletas mais bem pagos do mundo não para de crescer. Só para se ter uma ideia, os 50 atletas mais bem pagos do mundo arrecadaram mais de US$ 2,97 bilhões incluindo impostos e taxas, quebrando com isso o recorde do ano passado.

Além de atuarem com excelência as suas modalidades esportivas e ganhando muito bem com isso, essas estrelas do esporte também arrecadam fortunas fora do campo de atuação. É o caso de acordos de endosso e outros empreendimentos, que representaram US$ 1,06 bilhão.

Confira portanto a lista milionária dos esportistas mais bem pagos do planeta.

Avance em Próximo:

Damian Lillard – US$ 57,4 milhões

Atleta da NBA, Lillard está sob contrato com o Portland Trail Blazers até a temporada 2024-25 com um salário médio de mais de US$ 40 milhões por ano.
Sua linha de tênis com a assinatura Adidas está entre os principais vendedores da NBA da empresa; a última edição, a Dame 8, foi lançada em janeiro de 2022.
O seis vezes All-Star levou o Trail Blazers aos playoffs em todas as temporadas de sua carreira, exceto na primeira, quando foi nomeado novato do ano, e 2021-22, quando jogou apenas 29 jogos.
Lillard lançou quatro álbuns de estúdio sob seu nome de rap, Dame DOLLA. Ele também é um embaixador global para as Olimpíadas Especiais.
Sua faixa “Money Ball” foi destaque na trilha sonora de “NBA 2K20”.

Naomi Osaka – US$ 59,2 milhões

Atleta do Tênis, Naomi Osaka estabeleceu um recorde de ganhos para atletas do sexo feminino com US$ 60 milhões nos 12 meses encerrados em 1º de maio de 2021. Ela ficou um pouco abaixo dessa marca no ano seguinte com US$ 59,2 milhões.
Ao longo do caminho para vitórias consecutivas do Grand Slam no Aberto dos EUA de 2020 e no Aberto da Austrália de 2021, ela assinou vários acordos de patrocínio de grande sucesso.
Seus ganhos anuais fora das quadras agora ultrapassam US$ 50 milhões, com novos parceiros como Workday, Louis Vuitton e Airbnb empurrando sua lista de patrocinadores para mais de 20.
Nascido no Japão de mãe japonesa e pai haitiano-americano, Osaka foi promovido como um dos rostos das Olimpíadas de Tóquio.
Ela foi a primeira jogadora japonesa a vencer um evento de Grand Slam e a primeira jogadora asiática a ocupar o topo do ranking em simples.

Tyson Fury – US$ 62 milhões

Atleta do Boxe, o bicampeão mundial de peso-pesado nunca perdeu em 33 lutas profissionais, com um empate em 2018 contra Deontay Wilder o único defeito em seu recorde.
Fury nocauteou Wilder na revanche de 2020 e ganhou cerca de US$ 26 milhões, elevando seus ganhos de 12 meses no ringue para US$ 50 milhões.
O britânico faturou cerca de US $ 60 milhões combinados de outra revanche com Wilder em 2021 e uma luta em abril de 2022 contra Dillian Whyte.

Lewis Hamilton – US$ 65 milhões

Atleta do Automobilismo, Lewis Hamilton conquistou o título de pilotos de Fórmula 1 em 2020, igualando o recorde de sete campeonatos de Michael Schumacher. Ele perdeu por pouco outro em 2021.
Em julho de 2021, ele assinou uma extensão de contrato de dois anos para permanecer na equipe de F1 da Mercedes.
Hamilton é o atleta mais comercializável do esporte. O motorista preocupado com a moda começou a trabalhar com a Tommy Hilfiger em 2018.

Josh Allen – US$ 67 milhões

Atleta da NFL, o quarterback do Buffalo Bills assinou uma extensão de contrato de seis anos em agosto de 2021, que chega a US$ 258 milhões e tem US$ 150 milhões em dinheiro garantido, um recorde da NFL.
O acordo incluiu um bônus de assinatura de US$ 16,5 milhões e um bônus de opção de US$ 42,4 milhões. Allen seguiu levando os Bills ao segundo título consecutivo da divisão e à terceira aparição consecutiva nos playoffs.
Fora de campo, ele conta com Nike, Pepsi e New Era entre seus patrocinadores.

Tiger Woods – US$ 68 milhões

Atleta do PGA, Woods sofreu lesões graves nas pernas e nos pés em um acidente de carro em fevereiro de 2021. Ele voltou ao golfe competitivo no Masters em abril de 2022.
Woods conseguiu uma vitória em sua cama de hospital com um acordo em março de 2021 para trazer sua imagem para a franquia de videogames “PGA Tour 2K”.
Desde que se tornou profissional em 1996, o 15 vezes principal vencedor ganhou US $ 1,7 bilhão com endossos, aparições, taxas de design de cursos e outros empreendimentos fora do curso.
TaylorMade e Woods lançaram seu primeiro conjunto de tacos co-criados em 2019. Foi o primeiro clube de assinatura de Woods.
Payne’s Valley, o primeiro campo de golfe público projetado por Woods, foi inaugurado em 2020 no Missouri.

Aaron Rodgers – US$ 68 milhões

Atleta da NFL, após uma temporada de drama com o Green Bay Packers em 2021, Rodgers concordou com um contrato reestruturado e retornou ao time. Ele assinou uma extensão de US$ 150 milhões por três anos em março de 2022.
Em 2018, o quarterback estrela comprou uma participação minoritária no Milwaukee Bucks da NBA.
Ele lançou um fundo de empreendimento e estágio de crescimento de US$ 50 milhões com a Roth Capital em 2019. Rodgers é sócio geral junto com Nate Raabe e Byron Roth.
Rodgers é dez vezes Pro Bowler e quatro vezes MVP vencedor. Ele é o quinto de todos os tempos com 449 passes para touchdown na temporada de 2021.

Matthew Stafford – US$ 72,3 milhões

Atleta da NFL, Stafford foi negociado com o Los Angeles Rams em março de 2021, após 12 temporadas com o Detroit Lions. Ele prontamente ganhou seu primeiro Super Bowl.
Stafford, a primeira escolha geral no draft da NFL de 2009, estabeleceu um recorde da NFL como o jogador mais rápido de 3.000 finalizações na carreira (125 jogos).
Seu contrato de cinco anos e US$ 135 milhões assinado em 2017 foi o contrato mais rico da história da NFL (já superado). Ele assinou um novo contrato de quatro anos e US$ 160 milhões em março de 2022, com um bônus de assinatura de US$ 60 milhões.

James Harden – US$ 74,4 milhões

Atleta da NBA, Harden conseguiu uma troca em janeiro de 2021, deixando o Houston Rockets para se juntar ao Brooklyn Nets. Ele foi então negociado para o Philadelphia 76ers em fevereiro de 2022.
Em 2017, Harden assinou uma extensão de quatro anos no valor de US$ 171 milhões; ele vai até 2022-23 e deve pagar a ele US $ 47 milhões em seu último ano.
A Adidas fez de Harden um dos rostos de sua campanha na NBA depois de contratá-lo em 2015 para um contrato de 13 anos no valor de até US$ 200 milhões.
Harden ganhou o MVP da liga em 2018 e foi vice-campeão três vezes, em 2015, 2017 e 2019.
Ele tinha uma participação acionária na Bodyarmor e recebeu um pagamento considerável quando a Coca-Cola comprou a marca no outono de 2021. Ele também investiu US$ 15 milhões em julho de 2019 por uma pequena participação no Houston Dynamo da MLS.

Russel Westbrook – US$ 79,2 milhões

Atleta NBA, Westbrook foi negociado com o Washington Wizards em dezembro de 2020, um ano depois de ter sido negociado com o Houston Rockets. Ele foi então negociado para o Los Angeles Lakers em agosto de 2021.
Em 2017, Westbrook assinou uma extensão de cinco anos e US$ 207 milhões com o Oklahoma City Thunder, na época o maior contrato da NBA em termos de valor total.
O nove vezes All-Star estendeu seu contrato com a marca Jordan da Nike em 2017 por mais dez anos e, em 2018, recebeu seu primeiro tênis de assinatura.
Westbrook é bicampeão de pontuação e em 2017 foi nomeado MVP da liga; ele é o único jogador a ter uma média de um triplo-duplo por três temporadas consecutivas.
O medalhista de ouro olímpico de 2012 possui dez concessionárias de carros na área de Los Angeles que adicionam milhões de dólares à sua conta bancária.

Giannis Antetokounmpo – US$ 80,9 milhões

Atleta da NBA, eEm dezembro de 2020, Antetokounmpo assinou uma extensão supermax de cinco anos no valor de US$ 228 milhões com os Bucks, com desativação após o quarto ano.
Antetokounmpo foi nomeado MVP da NBA em 2018-19 e 2019-20 e também foi o jogador defensivo do ano na última temporada.
A primeira indicação de MVP gerou enormes bônus de patrocinadores como a Nike, que estendeu seu acordo com o Greek Freak em 2017.
A Nike lançou o Zoom Freak 1 em 2019; foi o maior lançamento inicial de tênis de assinatura na história do basquete da Nike.
A Disney garantiu um acordo em 2020 para desenvolver um filme sobre a vida de Antetokounmpo, nos moldes de “The Blind Side”. Agora chamado de “Rise”, está previsto para ser lançado em junho de 2022.Tom Brady – US$ 83,9 milhões

Tom Brady – US$ 83,9 milhões

Atleta NFL, depois de chocar o mundo do futebol ao deixar os Patriots pelos Buccaneers em 2020, Brady venceu prontamente seu sétimo Super Bowl.
Depois de outra temporada estelar em Tampa, ele anunciou sua aposentadoria em fevereiro de 2022, mas mudou de ideia menos de seis semanas depois.
Brady lançou a marca de estilo de vida TB12 e cofundou a Autograph, uma empresa de NFT que arrecadou US$ 170 milhões em uma rodada de financiamento da Série B anunciada em janeiro de 2022.
Em 2020, ele lançou 199 Productions, uma referência ao número de sua seleção no draft de 2000 da NFL, para desenvolver documentários, filmes e programas de TV.
Quando finalmente chega a hora de se aposentar permanentemente do futebol, Brady já tem seu próximo show lucrativo marcado: um papel de comentarista na Fox Sports.

Canelo Álvarez – US$ 90 milhões

Atleta do Boxe, Alvarez faturou cerca de US$ 85 milhões em suas lutas de 2021 contra Billy Joe Saunders e Caleb Plant.
Além do ringue, ele tem uma lucrativa parceria com Hennessy e é dono de um restaurante de tacos em seu México natal. Sua Canelo Promotions também está montando uma série de lutas no México em parceria com Matchroom Boxing e DAZN.
Em uma entrevista em abril de 2021 com Graham Bensinger, Alvarez afirmou que estava ganhando quase US$ 20 milhões por ano com seus investimentos imobiliários.
Na mesma entrevista de abril, Alvarez disse que planejava abrir de 90 a 100 postos de gasolina no México.

Roger Federer – US$ 90,7 milhões

Atleta do Tênis, Federer tem um portfólio de patrocinadores inigualável no mundo dos esportes. Em 2020, isso o tornou o atleta mais bem pago do mundo pela primeira vez;
O maior negócio em seu estábulo é a marca de vestuário japonesa Uniqlo, que o trancou em 2018 sob um acordo de dez anos e US$ 300 milhões.
Federer ganhou US$ 130 milhões em prêmios em sua carreira, mas o total é ofuscado por seus ganhos fora das quadras de aparições e endossos.
O maior pagamento da lenda do tênis pode vir de sua participação na empresa suíça de roupas esportivas On, que abriu seu capital em setembro de 2021.
Sua fundação homônima arrecadou mais de US$ 50 milhões e educou 1,5 milhão de crianças na África desde seu lançamento.

Kevin Durant – US$ 92,1 milhões

Atleta da NBA, dDepois de três anos com o Golden State Warriors, Durant ingressou no Brooklyn Nets em 2019 em um contrato de US$ 164 milhões por quatro anos.
O 12 vezes All-Star arrecada mais de US$ 40 milhões de patrocinadores, recentemente adicionando acordos com Coinbase, NBA Top Shot e Weedmaps.
Ele investiu em mais de 80 empresas por meio de sua empresa Thirty Five Ventures, com adições recentes, incluindo OpenSea e Future. Ele também está apoiando a fusão SPAC da SeatGeek.
Durant está por trás da marca de mídia Boardroom e foi produtor de “Two Distant Strangers”, que levou para casa o Oscar de melhor curta-metragem em live-action em 2021.
Em 2020, Durant comprou uma participação no Philadelphia Union da Major League Soccer.

Stephen Curry – US$ 92,8 milhões

Atleta da NBA, oO duas vezes MVP assinou o primeiro contrato de US$ 200 milhões da NBA em 2017; ele se tornou o primeiro jogador com dois desses acordos quando assinou uma extensão de quatro anos e US$ 215 milhões em 2021.
Em 2017, Curry formou uma nova empresa, SC30, que administra seus investimentos, parcerias com marcas e empreendimentos filantrópicos.
Em novembro de 2020, a Under Armour anunciou o lançamento da Curry Brand em uma tentativa de competir com a Jordan Brand da Nike.
A produtora de Curry, a Unanimous Media, assinou um acordo de desenvolvimento com a Comcast NBCUniversal em setembro de 2021. Em novembro de 2020, mudou para podcasting com um acordo com a Audible.
Curry adicionou uma grande parceria com a FTX em 2021 que veio com uma participação acionária.

Neymar – US$ 95 milhões

Atleta do Futebol, em maio de 2021, Neymar assinou uma extensão de contrato que o vincula ao Paris Saint-Germain até o verão de 2025.
Seu novo contrato está repleto de bônus de desempenho, incluindo um grande aumento se o PSG vencer a Liga dos Campeões.
Sua transferência de 2017 do Barcelona para o PSG é a mais cara de todos os tempos, com US$ 263 milhões, que o clube francês pagou integralmente antes de sua contratação.
Em 2020, Neymar anunciou uma saída antecipada de seu contrato com a Jordan Brand da Nike e assinou com a Puma.
Ele está mergulhando no mundo dos NFTs, assinando com a plataforma NFTSTAR em novembro de 2021 e gastando mais de US$ 1 milhão em dois NFTs do Bored Ape Yacht Club em um dia de janeiro de 2022.

Cristiano Ronaldo – US$ 115 milhões

Atleta do Futebol, eEm fevereiro de 2021, Ronaldo se tornou a primeira pessoa no mundo a atingir 500 milhões de seguidores no Facebook, Instagram e Twitter. Em maio de 2022, ele tinha 690 milhões.
Em março de 2021, ele ultrapassou a contagem de gols da lenda brasileira Pelé; um hat-trick contra o Cagliari, adversário da Serie A, o levou a 770 gols em todas as competições.
Ele trocou de time em agosto de 2021, passando da Juventus para o Manchester United, onde jogou anteriormente de 2003 a 2009.
Ronaldo, cinco vezes jogador do ano da FIFA, em 2020 se tornou o primeiro atleta ativo de esportes coletivos a ultrapassar US$ 1 bilhão em ganhos na carreira.
Além de um contrato vitalício com a Nike, Ronaldo ganha dinheiro fora de campo com suas roupas, acessórios, hotéis e academias da marca CR7.

Lebron James – US$ 121,2 milhões

Atleta da NBA, LeBron James, quatro vezes MVP da NBA, se juntou ao Los Angeles Lakers em 2018 em um contrato de quatro anos e assinou uma extensão de US$ 85 milhões por dois anos em dezembro de 2020.
Ele tem o maior portfólio de endossos da NBA, bem como seu próprio negócio de mídia, a SpringHill Company. Em outubro de 2021, ele vendeu uma participação significativa na SpringHill com uma avaliação de cerca de US$ 725 milhões.
James se uniu a Cindy Crawford, Arnold Schwarzenegger e Lindsey Vonn em 2018 para lançar a Ladder, uma empresa de saúde e bem-estar.
A LeBron James Family Foundation abriu sua primeira escola primária em 2018 e planeja gastar US$ 41 milhões para enviar crianças para a faculdade.
James e seus parceiros possuem franquias Blaze Pizza em Chicago e no sul da Flórida. Ele também é investidor da empresa e atua como endossante pago.

Lionel Messi – US$ 130 milhões

Atleta do Futebol, Messi conquistou a Bola de Ouro como o melhor jogador de futebol do mundo pela sétima vez, um recorde, em 2021, colocando-o dois à frente de seu rival Cristiano Ronaldo.
Ele se transferiu para o Paris Saint-Germain do FC Barcelona em agosto de 2021, deixando a única casa profissional que já conheceu.
Um vazamento de contrato em janeiro de 2021 mostrou que Messi estava ganhando muito mais no Barcelona do que se pensava anteriormente; ele conseguiu ganhar até US$ 165 milhões anualmente em salários e incentivos.
Em março de 2022, ele assinou um contrato de patrocínio com o aplicativo de engajamento de fãs Socios, que deve pagar US $ 20 milhões anualmente.
Ele lançou sua própria linha de roupas e abriu sua primeira loja de varejo, a Messi Store, em 2019, em Barcelona. Ele também tem um contrato vitalício com a Adidas.

Fonte: forbes

Os 20 carros mais caros do mundo em 2022

Carros mais caros do mundo

Você já imaginou estar perto de um dos carros mais caros do mundo ou de dirigi-lo nem que seja uma vez? Imagina então ter um desses supercarros na garagem. É um privilégio para poucos mortais, até porque, a produção desses carros especiais é limitada chegando em casos de fabricação de poucos carros em um modelo e até exclusivos para um cliente.

Acompanhe nesta lista essas obras de arte de quatro rodas que são os 20 carros mais caros do mundo, ficando de fora carros que são vendidos em leilão e os de segunda mão superfaturadas. Confira esses veículos incríveis!

Avance em Próximo:

Ferrari FXX K Evo – US$ 2,6 milhões

Esse modelo é projetado para pistas e sua produção foi baseado no LaFerrari de rua. A Ferrari FXX K Evo foi lançada em 2017, na celebração do 70º aniversário da Ferrari. O motor produz 1.036 cavalos de potência na pista com o V12 de 6,3 L naturalmente aspirado.

Lamborghini Countach LPI 800-4 – US$ 2,6 milhões

O modelo desse carro é baseado no Aventador e estreou em agosto de 2021, contendo 112 unidades. Possui um V12 de 6,5 litros e juntamente com o motor elétrico produz 803 cavalos de potência, fazendo de 0 a 100 km/h em 2,8 segundos e uma velocidade máxima de mais de 354 Km por hora.

Gordon Murray T.50 – US$ 2,6 milhões

Este carro leva o nome de seu projetista, Gordon Murray, o homem por trás do design do icônico McLaren F1. O T.50 é equipado com um motor V12 de 4,0 litros naturalmente aspirado da Cosworth, que produz 654 cavalos de potência. Serão produzidos 100 unidades desse supercarro.

Mercedes-AMG Project One – US$ 2,7 milhões

Depois de quase cinco anos desde a apresentação desse veículo, a Mercedes produzirá o Project One, com 275 unidades estimadas. O hipercarro híbrido com tecnologia derivada da Fórmula 1, terá mais de 1.200 cavalos de potência.

Aston Martin Victor – US$ 3,0 milhões

Esse supercarro único é baseado na plataforma One-77, usando peças de outros projetos Astons, incluindo os modelos Vulcan e Valkyrie. Contém um V12 igual ao One-77, mas produzindo 836 cv e com uma transmissão manual.

Koenigsegg Jesko – US$ 3,0 milhões

O Koenigsegg Jesko é o sucessor do Agera e a montadora produzirá 125 unidades. Esse automóvel é o mais rápido e mais caro da montadora sueca. Ele tem 1.600 cavalos de potência, com seu motor V8 de 5,0 litros com turbocompressor duplo da marca.

Aston Martin Valkyrie – US$ 3,2 milhões

O hipercarro híbrido Aston Martin tem um preço estimado de US$ 3,2 milhões. Também conhecido como AM-RB 001, além da fabricante Aston, sua construção também teve a participação da Red Bull Racing. Possui um V12 de 6,5 litros de origem Cosworth, produzindo 1.160 cavalos de potência podendo chegar a uma velocidade acima de 321 Km/h. A empresa construirá apenas 150 modelos.

W Motors Lykan Hypersport – US$ 3,4 milhões

A W Motors iniciou a produção do supercarro Lykan Hypersport em 2013 até o modelo ano 2017. Seus faróis de LED possuem mais de 400 diamantes, sendo o primeiro carro a possuir joias nos faróis. O motor é um seis cilindros de 3,7 litros com dois turbocompressores, produzindo com isso 780 cavalos de potência. Em suma, foram produzidos sete unidades desse carro.

Pagani Huayra Roadster BC – US$ 3,5 milhões

O Huayra BC Roadster, é uma variante aberta do Huarya BC. Tem 800 cavalos de potência com um V12 de 6,0 litros com turbo duplo de origem AMG. A produção desse modelo está limitado a apenas 40 unidades, cada uma com um preço de US$ 3,5 milhões.

Bugatti Chiron Pur Sport – US$ 3,6 milhões

O Bugatti Chiron Pur Sport foi otimizado para que seu peso tivesse 50 kg a menos que o Chiron padrão. O motor é um W16 quad-turbo de 8,0 litros acoplado a uma caixa de câmbio automática recalibrada com 1.500 cavalos de potência. Seu preço começa em US$ 3,6 milhões.

Lamborghini Sian – US$ 3,6 milhões

Primeiro veículo híbrido de produção da Lamborghini, o Sian está equipado com um V12 de 6,5 litros de origem SVJ. Sua potência do sistema é de 819 cavalos, sendo com isso o carro mais potente da marca. A produção ficará em apenas 63 unidades com um preço de US$ 3,6 milhões.

Bugatti Chiron Super Sport 300+ – US$ 3,9 milhões

O Super Sport 300+ é a versão de estrada do modificado Bugatti Chiron que quebrou a barreira dos 480 km/h. Desse modo, esse supercarro foi construído para celebrar a ocasião. Ele é alimentado por um motor W16 quad-turbo de 1.580 cavalos de potência e sua construção foi limitada a apenas 30 unidades.

Lamborghini Veneno – US$ 4,5 milhões

A Lamborghini Veneno foi desenvolvido para celebrar o 50º aniversário da fabricante italiana, sendo 15 fabricados entre 2013 e 2104. Esse hipercarro é baseado no modelo Aventador. Ele possui um V12 de 6,5 litros e produz 740 cavalos de potência, chegando a 97 por hora em 2,9 segundos. O veneno ainda pode alcançar uma velocidade de 356 km/h.

Bugatti Bolide – US$ 4,7 milhões

O Bolide é construído pela mesma estrutura de motor do modelo Chiron, um W16 quad-turbo de 8 litros. Ele produz 1.824 cavalos de potência usando combustível de corrida. A previsão de entrega do primeiro Bolide de produção ocorrerá em 2024 e serão fabricados 40 unidades.

Bugatti Divo – US$ 5,8 milhões

O hipercarro Divo é parecido com seu irmão, o Bugatti Chiron. Entre as diferenças está na performance, quando o Divo foi 8 segundos mais rápido na pista de testes. Ele apresenta uma potência de saída de 1.479 cavalos no motor W16 quad-turbo de 8,0 L. 40 exemplares foram construídos custando cada um US$ 5,8 milhões.

SP Automotive Chaos – US$ 6,4 milhões

Primeiro hiperesportivo desenvolvido e construído na Grécia, o SP Automotive Chaos apresenta mais de 2.000 cavalos de potência com um V10 de 4,0 litros com turbocompressor duplo. Essa é a versão básica, porque a versão extrema e esportiva promete desenvolver mais de 3.000 cavalos de potência. O custo da versão clássica custará US$ 6,4 milhões.

Mercedes Maybach Exelero – US$ 8,0 milhões

Produzido em conceito único, o Mercedes-Benz Maybach Exelero estreou em 2004. Possui um motor V12 biturbo de 5.9 L produzindo 690 cavalos de potência. A velocidade máxima alcançada é de 351 quilômetros por hora. Esta joia negra custou 8 milhões de dólares.

Bugatti Centodieci – US$ 9,0 milhões

Em celebração ao aniversário de 110 anos da Bugatti e também em homenagem ao Bugatti EB110, um modelo da década de 1990, a montadora francesa estreou o Centodieci. Limitado a apenas 10 unidades, seu motor W16 quad-turbo de 8,0 L produz 1.578 cavalos de potência. Seu preço está em 9 milhões de dólares.

Rolls-Royce Sweptail – US$ 12,8 milhões

Rolls-Royce Torpedo Photo: James Lipman / jameslipman.com

Construído à mão ao longo de quatro anos, o Rolls-Royce Sweptail foi concluído em 2017. Seu preço de US$ 13,0 milhões, foi na época o carro mais caro já vendido, sendo logo depois em 2019 ultrapassado pelo La Voiture da Bugatti. O motor desse carro de luxo é um V12 de 6,75 L, com uma potência de 453 cavalos.

Bugatti La Voiture Noire – US$ 13,4 milhões

Em primeiro lugar dos carros mais caros do mundo, o Bugatti La Voiture Noire custa US$ 13,4 milhões sendo um modelo único. Ele usa o mesmo motor W16 quad-turbo de 8,0 litros que o Chiron, produzindo 1.479 cavalos de potência. Esse supercarro foi inspirado no Bugatti Type SC57 Atlantic, um modelo lendário e emblemático da década de 1930.

Fonte: motor1

Dieta da Sopa para emagrecer: cardápio, receita e como fazer

Fazer a dieta da sopa é uma ótima maneira para quem quer emagrecer rapidamente.

Perder peso está na lista de objetivos de muitas pessoas, pois estas sempre procuram formas de perder alguns quilos e por isso, dietas são cada vez mais procuradas.

É importante ressaltar que há dietas que podem trazer prejuízo para saúde e por isso é muito importante fazer uma pesquisa completa sobre a dieta em questão, pois não vale perder peso e ficar com a saúde afetada.

E para te ajudar no processo de emagrecimento de maneira saudável é que trouxemos a dieta da sopa.

Você vai conhecer todos os detalhes sobre essa dieta e a receita para começar agora mesmo! Confira.

Dieta da sopa: o que é?

Quando falamos sobre dieta da sopa estamos falando sobre uma dieta que tem duração de 7 dias.

Todo o seu cardápio baseia-se no consumo de sopa durante as principais refeições, como por exemplo, almoço e jantar.

A dieta foi pensada e desenvolvida pelos alunos da Universidade de São Paulo (USP) e desenvolvida para os pacientes do Instituto do Coração (SP).

Sendo assim, criou-se essa dieta para ajudar todas as pessoas que tinham acabado de passar por uma cirurgia cardíaca.

As pessoas que passavam por essa dieta, emagreceram de forma muito rápida e por isso logo ficou conhecida como “dieta milagrosa”.

Se a pessoa que estiver realizando a dieta fazê-la da forma correta, ela pode eliminar até 1 kg por dia, ao final do sétimo dia vai estar com 7 kg a menos!

Além de proporcionar o emagrecimento, é uma dieta que visa a saúde, já que o seu intuito nem era o emagrecimento e sim os benefícios para a saúde na questão da regulação do intestino.

No entanto, é uma dieta que não apresenta muita proteína dentro de sua composição e por esse motivo, deve-se fazê-la somente por 7 dias.

Se a pessoa passar desse prazo, a dieta pode prejudicar a saúde, trazendo ainda alguns sintomas nocivos.

Lembrando ainda que mulheres que se encontram em período gestacional e pessoas que sofrem com hipoglicemia não devem consumir essa dieta.

Dieta da sopa: como fazer?

Dieta da sopa: como fazer?

Para dar início a dieta da sopa, separe 7 dias consecutivos e durante esse período, o almoço e o jantar devem ser compostos de sopa.

Além do consumo da sopa presente na dieta, a ingestão de água deve ser feita, além do consumo de frutas, legumes, assim como a presença de chás.

Desse modo, você pode consumir todos esses produtos de forma livre durante o período da dieta.

Outra informação muito importante e que deve ser levada em conta antes de começar a dieta da sopa, é o fato de qualquer tipo de exercício deve ser suspenso durante o período da dieta.

Quem deseja se mexer durante o tempo que estiver fazendo a dieta da sopa, deve optar por algo leve, como por exemplo, uma caminhada.

Do mesmo modo que a dieta não deve ser feita por mais de 7 dias, também não deve interromper os 7 dias que foram indicados.

A opção para quem deseja perder gordura e mais quilos é:

⦁ Fazer uma pausa de 4 dias na dieta;
⦁ Durante esses 4 dias, consumir produtos de diferentes classe alimentares;
⦁ Começar novamente a dieta por 7 dias.

Em suma, nunca deve-se fazer a dieta mais de três vezes ao ano.

Passo a passo dos 7 dias

Dieta da sopa passo a passo
  • Passo 1 – dia 1: Primeiramente, comece substituindo o almoço e o jantar pela sopa. Complementando com diversas frutas, muita água, suco natural e chá (todos sem nenhum tipo de adição de açúcar);
  • Passo 2 – dia 2: Novamente comer a sopa tanto no período do almoço, quanto no período do jantar. Nos intervalos entre as principais refeições coma bastante legumes e verduras. Nesse meio tempo, beba sempre ao menos 2 litros de água;
  • Passo 3 – dia 3: Novamente seguir o passo de ingerir a sopa, juntamente com frutas e legumes, estando sempre atento a hidratação necessária;
  • Passo 4 – dia 4: No quarto dia as principais refeições devem conter a sopa principal, mas além disso, ao menos 8 bananas devem ser ingeridas, e o leite incluso na alimentação;
  • Passo 5 – dia 5: A sopa ainda é o principal componente do seu cardápio, porém, no quinto dia complementa-se com pelo menos 400 gramas de carne branca ou de carne vermelha grelhada! Pode continuar ingerindo frutas, legumes e verduras;
  • Passo 6 – dia 6: Além da sopa das principais refeições, permite-se incluir bife grelhado de carne vermelha ou branca! Legumes e frutas continuam liberados, e todo cuidado para que a hidratação esteja correta, deve continuar;
  • Passo 7 – dia 7: Por fim, no último dia, além de ingerir a sopa, você pode adicionar arroz integral ao seu cardápio.

Cardápio

  • Opções de café da manhã: chá verde, queijo branco, manga, chá de hibisco, mamão (duas fatias), farinha de chia para as frutas, maçã (1) e kiwi (1). Deve-se sempre combinar uma fruta ou até duas com o chá. Se optar pelo queijo acrescentar somente uma fruta.
  • Opções de lanche da manhã: (8) morangos, (1) pera, (1) fatia de melão ou (1) pêssego.
  • Almoço: (3) conchas de sopa.
  • Lanche da tarde: ½ mamão, (1) cacho de uvas, (1) fatia de queijo branco, chá branco ou (1) xícara de salada de frutas.
  • Jantar: (2) conchas de sopa.

Receita da sopa

Ingredientes necessários:

⦁ (1) berinjela;
⦁ (3) cenouras;
⦁ (2) xícaras de vagem já picada;
⦁ (2) tomates picados;
⦁ (1) repolho grande;
⦁ (1) nabo;
⦁ (1) cebola já picada;
⦁ (2) maços de cheiro verde;
⦁ (1) maço de salsão;
⦁ (1) dente de alho;
⦁ (4) jilós;
⦁ (2) pimentões.

Como fazer?

Coloca-se todos os legumes em um recipiente e cobrindo com água para que depois estejam prontos para ir ao fogo.

A combinação deve começar a ferver, cozinhando até sentir que os legumes estão bem macios!

Espere que esfrie para que a sopa possa ir até a geladeira.

Em conclusão, podemos dizer que a dieta da sopa realmente cumpre o que promete, proporcionando uma perda rápida de peso de maneira saudável, porém, sendo necessário como já dito anteriormente, não ser feita várias vezes ao ano.

6 Exercícios para Perder Barriga rápido e afinar a cintura

Os exercícios para perder barriga são excelentes para quem quer alcançar essa finalidade rapidamente e deseja afinar a cintura.

O melhor, é que esses exercícios podem ser feitos em casa, visto que elas são bem simples de serem feitas.

Várias pessoas sabem disso, porém não sabem como colocar esses exercícios em prática. E é por isso que preparamos esse artigo para você.

Nele você conhecerá alguns exercícios que são excelentes para perder barriga e afinar a cintura. Não deixe de conferir e boa leitura!

Exercícios para perder barriga: escalador cruzado

Escalador cruzado

Esse é um exercício bem fácil de ser feito e é excelente para quem deseja perder barriga.

Primeiro você irá apoiar suas duas mãos no chão e ficar na ponta dos pés.

Lembre-se que o seu corpo deve ficar parado, esticado e sempre na mesma posição. Você só irá mexer as suas pernas.

Para isso, você deve esticar suas pernas e colocá-la para o outro lado. Você deve repetir esses movimentos com as duas pernas.

Dessa forma, seus músculos irão se dilatar é assim, você reduzirá a massa gorda que há no seu corpo.

Agachamento

Atividades para perder barriga - Agachamento

Coloque suas mãos entrelaçadas no seu pescoço ou se preferir coloque-as para frente, em um ângulo reto.

Depois disso, flexione suas pernas e fique nessa posição. Em seguida, você vai agachar e se levantar devagar, repetindo o movimento algumas vezes.

Dessa forma, você sentirá que suas coxas, seu abdômen e suas panturrilhas sintam o movimento que você está fazendo.

Sendo assim, todo o seu corpo irá desenvolver músculos, além de queimar um maior número de gorduras.

Flexão de braço

Exercícios - Flexão de braço

Primeiramente, você deve ficar de joelhos, apoiando suas mãos no chão.

Depois disso, curve o seu corpo para a frente, de forma que as suas mãos fiquem apoiadas no chão.

Quando você estiver nessa posição, tire os seus joelhos do chão e fique apoiada apenas com as mãos e com as pontas dos pés.

Feito isso, comece a flexionar os seus braços e vá até embaixo, sem deixar que o seu tórax encoste no chão.

Por fim, basta abaixar e levantar, seguidas vezes. Tenha cuidado em fazer o movimento com sincronia para que o seu corpo não seja prejudicado.

Bicicleta no chão

Exercícios para perder barriga rápido e afinar a cintura - Bicicleta no chão

Esse também é um outro exercício bem fácil de ser feito.

Deite-se no chão, com as costas apoiadas nele. Lembre-se que a sua coluna precisa estar reta.

Feito isso, erga as suas pernas e faça o movimento de como se você estivesse andando de bicicleta.

A intenção é que você as movimente como se você estivesse realmente pedalando.

Não esqueça de esticar bastante as pernas. É esse movimento que fará com que você perca barriga e afine sua cintura.

Chutes tesoura

Exercícios para perder barriga rápido e afinar a cintura - Chutes tesoura

Esse é um exercício um pouco mais complicado de ser feito, porém não é impossível.

Primeiramente, você vai se deitar de costas para o chão, com a coluna reta e irá colocar suas mãos abertas debaixo dos seus glúteos.

Feito isso, você vai levantar devagar uma das pernas, de forma que você consiga fazer um ângulo de 90 graus com o seu quadril.

Faça esse movimento bem devagar e ao descer, não deixe que o seu calcanhar encoste no chão.

Depois disso, faça o mesmo movimento com a outra perna e repita a operação para que você consiga diminuir sua barriga.

Prancha lateral com torção

Exercícios para perder barriga rápido e afinar a cintura - Prancha lateral com torção

Para fechar as nossas dicas de exercícios para perder barriga e afinar cintura, vamos lhe ensinar a fazer essa atividade.

Primeiro você vai ficar de bruços e vai apoiar os seus antebraços no chão, de forma que você fique firme e segura.

Coloque suas pernas uma sobre a outra, de forma que as laterais dos seus pés fiquem encostadas no chão.

Levante o seu corpo, subindo os quadros, de forma que eles fiquem rotacionados.

Fique nessa posição por, aproximadamente, 20 segundos. Depois volte a posição inicial e repita com o outro lado.

Em conclusão, os benefícios da prática de exercícios físicos vão muito além do que conquistar e manter uma barriguinha chapada. Essa prática mantém todo o corpo saudável, prevenindo por exemplo várias doenças.

Seja como for, espero que você tenha gostado das nossas dicas de exercícios para perder barriga e afinar cintura e as inclua em sua rotina de atividades físicas. Até mais!

Chá de gengibre: benefícios e como preparar a bebida

O gengibre é uma espécie de raiz tuberosa de origem asiática sendo utilizada tanto na culinária bem como no setor da medicina, e o chá de gengibre proporciona diversos benefícios para a saúde.

Desse modo, você verá logo abaixo os principais desses benefícios e a forma ideal de preparar o chá de gengibre. Confira!

Chá de gengibre: os benefícios

O gengibre possui vários benefícios terapêuticos, como:

  • Ação bactericida;
  • Antioxidante;
  • Anti-inflamatório;
  • Fungicida;
  • Antisséptico.

O chá de gengibre, quando consumido em pequenas quantidades, pode apresentar como resultado vantagens no alívio de náuseas, auxiliar na digestão e a combater doenças respiratórias e doenças da garganta.

No geral, o gengibre possui fama por ser um tipo de alimento termogênico. Isso significa que ele ajuda na aceleração do metabolismo, no aumento da temperatura corporal e além disso, pode ajudar as pessoas no processo de emagrecimento.

No entanto, o benefício da perda de peso só é possível se o chá combinar com dietas para emagrecer saudáveis e com o hábito de atividades físicas.

Encontra-se o gengibre em mercados de conserva, cristal, natura, forma de cápsula e ou em pó. Mas para fazer o chá, a melhor alternativa é usar a raiz pura.

Na hora de escolher o gengibre no mercado, dê preferência ao gengibre íntegro e fresco, cuja casca seja lisa, sem furos e que não se encontre mofado ou murcho.

Além disso, é importante que a parte interna seja amarelo e não fibroso.

Há diversos benefícios para as pessoas que adicionam esse chá na dieta. Quando utilizado da forma correta, o chá irá proporcionar benefícios interessantes às pessoas que o consome.

Fique atento aos benefícios desse chá e não deixe de incorporá-lo em seu dia a dia.

1 – Auxilia no processo de emagrecer

Um dos aliados para quem deseja emagrecer é o chá de gengibre, pois como foi dito é um alimento termogênico. Sendo assim, ajuda na aceleração do metabolismo, aumentando a temperatura do corpo e auxiliando na perda de peso.

No entanto, não é eficaz tomar apenas o chá e esperar o emagrecimento significativo, pois os benefícios só poderão ser desfrutados quando o chá é aliado de hábitos saudáveis.

A prática de atividades físicas é essencial nesse processo.

2 – Previne doenças respiratórias

Devido ao fato de o chá de gengibre ter ação antioxidante no corpo, ele pode agir de forma a prevenir o resfriado e a gripe.

O chá também age como anti-inflamatório, desta maneira, sintomas de tosse a dor nos músculos sã melhorados, assim como também a bronquite e a asma.

3 – Previne gastrites e úlceras

Devido ao fato de o chá de gengibre ajudar a prevenir a bactéria H. pylory, que é uma das principais causas de úlceras estomacais e gastrite, a pessoa que consome esse chá estará prevenida de ter essas doenças.

O mecanismo funciona da seguinte maneira: a bactéria vai para o interior do corpo humano por meio da alimentação e se fixa no órgão, desse modo, a gastrite e a úlcera são provocadas.

Contudo, o chá diminui a aderência no estômago, portanto, dificultando que a bactéria se fixe e que cause doenças.

4 – Previne náuseas

Algumas pesquisas resultaram no fato de que o chá gengibre pode ajudar na diminuição do enjoo após alguma refeição.

Quando o alimento causa a má digestão, o chá de gengibre poderá ajudar a eliminar essa sensação.

Por outro lado, se a causa do enjoo for algum tumor, por exemplo, o chá não irá surtir com esse efeito.

Como o chá ajuda na digestão, o seu uso poderá também estar associado também ao alívio dos efeitos dos gases.

Pessoas que fazem quimioterapia e mulheres que estão no período da gravidez, podem beber o chá para diminuir as náuseas, porém é necessário conversar com o médico antes de iniciar o consumo desse chá em situações como essas citadas.

5 – Prevenção de cânceres

Um dos cânceres que as pesquisas revelaram que o chá de gengibre pode ajudar a prevenir é o câncer de estômago, uma vez que ele pode ser associado, na maioria dos cenários, a modificações causadas por úlceras no estômago.

Poderá atuar também com a prevenção do câncer de cólon-retal, já que possui a substância 6-gingerol, que ajuda no impedimento do desenvolvimento e da proliferação de células cancerígenas na região do intestino.

Alguns estudos realizados em animais mostraram que a diminuição da possibilidade de desenvolver o câncer de fígado também é possível.

Chá de gengibre: modo de preparo

Para que os benefícios do chá se mantenham, é fundamental não ferver a raiz junto à água de início.

A forma ideal de preparar o chá é a seguinte:

  • Lave a raiz do gengibre;
  • Corte ou rale a raiz em pequenos pedaços;
  • Coloque a água em fogo alto até que ferva;
  • Ao adicionar o gengibre à água, a panela deve ser tampada e o fogo abaixado;
  • Aguarde entre 5 a 10 minutos e retire do fogo;
  • Coe o chá e o sirva.

O chá também poderá ser feito de outras formas como:

  • Chá de folha de amora com gengibre.
  • Limão siciliano com chá de gengibre;
  • Chá de gengibre com morango;
  • Chá de gengibre com maça e canela.

Como consumir o chá de gengibre

Ninguém deve consumir mais do que 3 gramas de gengibre diariamente.

Estas gramas poderão ser divididas em 3 ou 4 xícaras de chá durante o dia, por exemplo.

Porém, é preciso tomar bastante cuidado, pois muito desse chá pode provocar irritações no estômago.

Tome cuidado com o consumo excessivo do chá de gengibre

Ao consumir esse chá em excesso, o metabolismo pode ser aumentado demais, ainda mais quando combinado com alimentos como a cafeína. E isso pode provocar vômitos, enjoo, gastrite, diarreia e irritação estomacal.

Portanto, consuma o chá de gengibre de forma consciente, pois, por mais que apresente benefícios, o uso descontrolado pode ser prejudicial, como citado acima.

Seja como for, as vantagens de incluir os nutrientes do gengibre no dia a dia através da infusão é de fundamental importância para a saúde e bem estar.

Caminhada: Benefícios, Como Começar e Emagrece?

A caminhada é um bom começo para quem deseja entrar em forma e fazer as pazes com a saúde.

Além de acessível para todas as idades e peso, ela é um excelente “remédio natural” para o coração e circulação do sangue, que você já nota logo nos primeiros dias de treinamento.

Nesse sentido, muitos pacientes com sintomas de obesidade mórbida, são orientados pelos médicos a adotarem a caminhada como meio de emagrecimento, justamente por não causarem danos às articulações.

A caminhada emagrece e ajuda a manter o peso em longo prazo.

Como resultado disso, podemos ver as pessoas que começaram a caminhar e nunca mais deixarem este exercício de lado.

Confira mais abaixo sobre o quão é importante é essa prática e como ela pode te ajudar a emagrecer.

Benefícios da Caminhada Para a Saúde

Os benefícios da caminhada são inúmeras e muitas pessoas que precisam e querem emagrecer, adotam este exercício para colocar a saúde em dia.

É comprovado que esse hábito ajuda a perder peso, então, se você está sofrendo com sobrepeso, nada melhor do que começar a caminhar.

Atividades leves, mas dinâmicas, como caminhar, são as mais eficazes para perda de peso saudável. No entanto, este efeito começa após cerca de 30 a 40 minutos.

Caminhar não só beneficia o corpo. Ela também beneficia a mente, já que de preferência pode ser praticada em contato com a natureza.

Um dos primeiros benefícios da caminhada comprovada por psicólogos é que ela é capaz de libertar totalmente a mente.

Você provavelmente conhece aquele sentimento de não ser capaz de pensar com clareza?

A caminhada pode te beneficiar em momentos de tomar decisões, já que o cérebro recebe mais oxigênio com essa prática, ficando assim, mais rápido para analisar situações.

É impossível você fazer isso se estiver preso entre quatro paredes. Você deve sair ao ar livre, respirar ar fresco e caminhar.

Andar envolve a ação de avançar, deixando para trás o que nos impede de ir em frente.

Comece a praticar o hábito de caminhar e veja como sua vida pessoal e profissional irá mudar.

De qualquer forma, a caminhada portanto irá beneficiar sua saúde em pontos que talvez nunca tenha imaginado.

Veja mais benefícios:

#Caminhar para Emagrecer

A caminhada ajudará a tonificar o corpo e a eliminar gordura. Por uma hora de caminhada, você pode queimar até 500 calorias.

Naturalmente, quanto mais intenso o esforço (velocidade da caminhada, terreno, etc.), maior o gasto calórico.

Portanto, se quiser subir ladeiras ou escadas de vez em quando, fique à vontade!

#Redução da pressão arterial

Um estudo mostrou que caminhar por cerca de 40 minutos, pode reduzir a pressão arterial por 24 horas, após o término do exercício.

Com efeito, durante a prática do exercício, o fluxo sanguíneo aumenta, o que provoca a dilatação dos vasos sanguíneos e a redução da pressão.

#Saúde dos Pulmões

Andar a pé também é muito benéfico para os pulmões.

De fato, as trocas gasosas que ocorrem nos pulmões se tornam mais poderosas quando andamos com frequência.

Isso causa uma maior eliminação de impurezas nos pulmões, como poeira e catarros.

#Diminui o Desejo Por Açúcar

Um estudo recente de pesquisadores da Universidade de Exeter, na Inglaterra, sugere que a caminhada pode conter dependência por doces.

Além de ocupar seu tempo com algo além da comida, caminhar libera hormônios, como as endorfinas, que relaxam e combate o estresse, um efeito que é benéfico para pessoas que são compulsivas com a comida.

Além de emagrecer, caminhar também tem inúmeras virtudes saudáveis:

  • Melhora do retorno venoso e eliminação de toxinas
  • Trabalha as articulações
  • Fortalece os músculos inferiores, músculos superiores, barriga e costas
  • Previne o câncer de mama e cólon
  • Previne a osteoporose
  • Combate a depressão
  • Diminui o nível de colesterol e pressão sanguínea

 

Dicas Para Começar a Caminhar

Dicas Para Começar a Caminhar

Antes de tudo, você precisa de um bom par de tênis e roupas confortáveis. Mas ter um bom par de tênis é o essencial.

Mas o que seria um bom par de tênis? Tênis confortáveis, idealmente com solas adaptadas à forma dos seus pés, nos quais você se sentirá confortável o suficiente para caminhar longas distâncias.

Você também precisará de boas meias, antitranspirantes de preferência, por exemplo. Quanto às roupas? Bom, a palavra é “à vontade”!

Sendo assim, opte por roupas leves e macias, feitas para resistir ao clima e nas quais você se sinta bem. Não esqueça sua garrafa de água!

A água é que manterá seu fluxo de sangue ativo e ajudará na manutenção da temperatura do seu corpo, ou seja, ela não deixará você ficar com aquela sensação de fadiga, sabe?

O ritmo de caminhada varia de pessoa para pessoa e depende da condição física, do tipo de terreno, etc.

Mas independente disso, começar é o mais importante. Você pode começar a caminhar durante 15 ou 30 minutos por dia.

Com o tempo seu corpo vai se habituando e vai querer sempre mais. Logo verá que estará caminhando cerca de uma hora ou mais dependendo do seu progresso.

Para tirar vantagem de todos os benefícios da caminhada, adote a postura correta, ou seja, cabeça direita, coluna direita, mantendo os ombros e os braços relaxados.

Tente não se inclinar para frente ou para trás. Caminhe no seu próprio ritmo, respire regularmente e olhe para frente.

Aproveite para ouvir um áudio book, ou sua música preferida, seu corpo e sua mente irão agradecer.

Dessa forma, você vai perceber que após um curto período a caminhada fará parte da sua vida para sempre!

Em conclusão, seus benefícios são tantos que você não mais poderá ficar sem caminhar.

Além de fazer muito bem à sua saúde física e mental como um todo, também estará perdendo uns quilinhos ou mantendo a boa forma.

Chá de Hortelã: Como Preparar, Benefícios e Emagrece?

Além de ter um aroma agradável e um sabor muito refrescante, o chá de hortelã também oferece diversos benefícios à saúde. De fato, ele pode evitar doenças e amenizar diversos sintomas desagradáveis.

Entre os problemas que podem ser evitados ou amenizados com o consumo diário desse chá, podemos mencionar a insônia e as cólicas menstruais. A bebida também pode evitar problemas digestivos e colesterol alto.

Com o intuito de falar mais sobre esse assunto, apresentamos em detalhes alguns dos principais benefícios proporcionados pelo chá feito com a hortelã. Mostramos ainda o modo de preparo desse chá. Confira!  

Benefícios do chá de hortelã: Melhoria da digestão

Tomar esse chá pode trazer muitos benefícios à digestão. De fato, ele pode ajudar no fluxo intestinal, além de atenuar e prevenir desordens estomacais, as quais provocam náuseas e mal-estar geral.

Mas como essa ação é possível? Antes de qualquer coisa, porque a hortelã é uma rica fonte de antioxidantes, além de possuir muitos fitonutrientes.

Afora isso, o sabor refrescante da hortelã estimula as glândulas salivares, de modo a propiciar um efeito relaxante sobre os músculos intestinais.

Por esse efeito benéfico sobre toda região intestinal, o chá feito a partir da hortelã é o mais recomendado para combater males como a acidez, as flatulências e as cólicas.

Para que se possa usufruir desse benefício, o ideal é que se consuma o chá após as refeições, de maneira a facilitar a digestão dos alimentos.

 

Combate a doenças respiratórias

A hortelã também é bastante conhecida por seu efeito benéfico sobre as doenças que afetam o trato respiratório.

Só para exemplificar, o chá feito a partir dessa planta pode aliviar sintomas da gripe, como a coriza e as inflamações e dores de garganta. Outro sintoma em que essa bebida pode combater são as tosses.

Ademais, pessoas que sofrem com afecções que atacam pulmões e brônquios também podem se beneficiar do chá.

Realmente, esta é uma forma natural de atenuar sintomas de doenças como a asma e a bronquite.

Além disso, o consumo do chá de hortelã pode reduzir os sintomas de alergias advindas de condições climáticas.

A rinite é um desses problemas. Em pessoas que sofrem com esse problema, a hortelã incide sobre as histaminas, diminuindo as reações do corpo ao clima.

Outro benefício da hortelã para o trato respiratório é a sua propriedade expectorante.

 

Auxilia na perda de peso

Para pessoas que desejam perder peso esse chá é também uma boa opção. Esse benefício tem relação com a atuação da hortelã sobre o aparelho digestivo.

Conforme já mencionamos, a bebida produzida a partir dessa erva pode estimular a produção de enzimas digestivas.

Estas, por sua vez, atuam de maneira a facilitar a digestão de vitaminas e minerais, o que promove um maior aproveitamento dos nutrientes.

Por consequência, há também uma maior atividade metabólica, o que propicia a perda de peso.

Ademais, a hortelã contém propriedades que induzem a queima dos estoques de gordura corporal, o que facilita ainda mais o emagrecimento.

Esses benefícios são proporcionados sem que haja ingestão calórica, haja vista que o chá dessa erva não contém calorias.

 

Combate à fadiga mental e física

O consumo diário do chá de hortelã propicia também mais disposição física e mental.

De fato, o aroma e o sabor da hortelã despertam no cérebro sensações prazerosas e estimulantes.

Em outras palavras, ao ser ingerida, essa bebida induz a produção de endorfinas.

Assim, ela propicia ao corpo uma sensação de relaxamento, ao mesmo tempo em que pode reduzir os efeitos do cansaço.

Por isso, o chá feito com a hortelã é bastante indicado para pessoas que sofrem de sintomas advindos da estafa, tais como o estresse e a ansiedade.

Insones crônicos também podem usufruir dos benefícios do consumo desse chá.

 

Ajudando a prevenir doenças

O chá de hortelã também pode evitar doenças graves, tais como alguns tipos de câncer.

Isso porque essa bebida é rica em uma substância fitoquímica chamada álcool perílico. Esta atua diretamente em processos relacionados à prevenção de vários tipos de câncer.

Entre esses tipos, podemos mencionar o de pulmão, o de próstata, o de pele e o de mama.

Além do que, tomar esse chá previne também o aparecimento do mal de Alzheimer e o aparecimento de sintomas relacionados à demência em pessoas idosas.

 

Como preparar o chá de hortelã

Assim como outros tipos de chá, o de hortelã também é feito por meio de infusões em água quente.

Uma recomendação importante no que diz respeito ao preparo desse chá diz respeito à escolha do produto. O ideal é escolher as folhas ao invés dos sachês industrializados.

Isso porque o preparo com as folhas permite que se tenham conservadas as propriedades do chá.

Quanto à escolha das folhas, é necessário que dê preferência às folhas que têm uma cor mais esverdeada, em detrimento das amareladas ou amassadas.

Além disso, não é preciso separar as folhas dos talos. Pode-se adicionar a planta inteira na infusão.

No que diz respeito aos ingredientes para que se faça uma xícara desse chá, basta que se tenha ao alcance da mão 500 ml de água e 1 xícara de folhas de hortelã verdes.

O preparo deve se iniciar com o aquecimento da água. Logo depois, adiciona-se as folhas assim que a água alcança o ponto de fervura.

Chegado esse ponto, pode-se desligar o fogo e tampar o recipiente. É necessário esperar no mínimo 5 minutos e no máximo 10 para que se possa tirar a tampa do recipiente.

É importante não ultrapassar o tempo máximo de infusão, pois isso pode influenciar o sabor da bebida.

Ademais, manter a infusão por mais de 10 minutos pode ainda fazer com que o chá perca suas propriedades. Em seguida, pode-se coar o chá, retirando do líquido as folhas e os talos.

Hortelã: Uma chá de sabor refrescante e muito saudável

Assim, podemos concluir que essa bebida é não somente muito saborosa e refrescante, como também traz muitos benefícios à saúde.

De fato, o chá de hortelã pode prevenir doenças como o câncer e o Alzheimer, além de reduzir os sintomas de distúrbios estomacais e de gripes e resfriados.

E você, já tinha conhecimento de todos os benefícios desse chá?

Chá de Hibisco: Como Preparar e Benefícios

chá de hibisco tem um cheiro e um sabor muito agradável, mas seu consumo se dá também por suas propriedades. Estas auxiliam no combate a diversos tipos de doenças, além de ajudarem no emagrecimento.

De fato, essa bebida é conhecida por seus efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios e, por isso, passou a ser muito consumida. Afora todas essas vantagens, o chá de hibisco também é muito fácil de se encontrar e preparar.

Com o intuito de falar mais sobre esse assunto, mostramos cada um de seus benefícios para a saúde. Explicamos ainda, como esse chá pode ser feito e servido. Para saber mais, basta prosseguir na leitura!

Benefícios do chá de hibisco: auxilia no emagrecimento

Estudos apontam que esse chá tem propriedades que contribuem de maneira decisiva para o emagrecimento.

Isso porque essa bebida contém antioxidantes como as antocianinas e os flavonoides, que evitam a criação de células adipócitas.

Com isso, evita-se o acúmulo de gorduras em especial na região abdominal e nos quadris.

Ademais, tomar o chá feito a partir dos botões de hibisco também impede a transformação de amido em açúcar, o que dificulta o processo de acúmulo de gordura.

Contudo, é importante ressaltar que o potencial desse chá para o emagrecimento depende também de uma alimentação balanceada.

Porém, seu efeito emagrecedor ficará mais evidente para as pessoas que incorporam a prática de atividades físicas em seu cotidiano.

Benefícios para a pressão arterial

Já está comprovado por meio de pesquisas que esse chá auxilia na diminuição da pressão arterial e, por isso, é uma bebida bastante recomendada para hipertensos.

O mais provável é que a causa deste efeito esteja na ação dos flavonoides sobre enzimas que atuam no aumento da pressão sanguínea.

Além do que, o efeito diurético provocado pelo chá tende também a auxiliar na redução da pressão.

Benefícios para o fígado

O consumo do chá de hibisco pode estimular a produção de enzimas que auxiliam no processo de eliminação de toxinas, melhorando o funcionamento do fígado.

Ademais, esse chá também pode ser muito útil para quem deseja evitar o acúmulo de gordura no fígado.

Esse acúmulo pode provocar problemas sérios, tais como insuficiência hepática.

Por conta desses benefícios sobre o fígado, essa bebida também é útil para diminuir os efeitos da esteatose hepática em pessoas que se encontram acima do peso.

Auxilia na prevenção da retenção de líquidos no corpo

O acúmulo excessivo de água causa alguns inchaços no corpo. No entanto, por meio do consumo do chá de hibisco, evita-se esse tipo de situação.

Isso porque essa bebida é rica em uma substância conhecida como quercetina, a qual tem propriedades diuréticas.

Com isso, o excesso de líquidos é liberado mais facilmente pela urina. Ademais, junto com a urina são dispensadas também outras toxinas.

Controlando o colesterol

Outro benefício comprovado desse chá é a sua atuação sobre o controle do colesterol.

Por esse mesmo motivo, pessoas com problemas relacionados ao metabolismo e diabetes podem se beneficiar muito do consumo dessa bebida.

De fato, tomar o chá de hibisco todos os dias estimula a produção do chamado colesterol bom, o HDL.

Por outro lado, ele inibe os níveis de triglicérides e do colesterol dito ruim, o qual está relacionado com problemas cardiovasculares. Pode haver também uma redução significativa do colesterol total.

Uma publicação no periódico Journal of Alternative and Complementary Medicine constatou esses efeitos em um estudo.

53 pacientes diabéticos se submeteram a essa pesquisa. Estes tiveram os índices de colesterol ruim reduzidos em 8%. Já o colesterol HDL teve um aumento de aproximadamente 17%.

Previne vários tipos de câncer

Ainda que não esteja comprovado, há indícios de que o consumo desse chá também pode diminuir as chances de se ter um câncer.

Isso porque essa bebida contém substâncias antioxidantes conhecidas como antocianinas. Essa substância inibe a produção de células cancerígenas.

Um estudo comprovou que a ação do hibisco pode incidir diretamente sobre a produção de células cancerígenas atuantes no estômago. Em alguns casos, o consumo dessa bebida pode reduzir pela metade essa produção.

Modo de preparo do chá de hibisco

Há algumas dicas de preparo que possibilitam o melhor usufruto de todos os benefícios desse chá.

Nesse sentido, o mais recomendado é que sejam utilizados os botões secos da flor.

De fato, usar os botões in natura permite que se tenha um chá com as propriedades da planta preservadas, o que não ocorre no caso dos sachês industrializados.

No que diz respeito à temperatura da água, o ideal é fazer a infusão da flor logo após o surgimento das pequenas bolhas de ar, antes do ponto de ebulição.

Isso porque, temperaturas muito elevadas podem prejudicar o aproveitamento das propriedades da planta.

Outro fator que pode diminuir os potenciais dos botões de hibisco é a adição de açúcar. Ainda que o sabor desse chá seja bastante agradável, pode-se adoçá-lo com mel.

Quanto ao tempo em que o chá deve ficar no fogo, a solução deve ser abafada no bule por no mínimo 5 minutos e no máximo 10.

No entanto, não é obrigatório servi-la enquanto se está quente, pois ela também pode ser consumida gelada.

Para isso, basta deixar que a bebida resfrie e, em seguida, colocá-la na geladeira por uma hora. Contudo, é preciso salientar que não se deve guardar o chá para tomá-lo no dia seguinte.

Isso porque ele perde as propriedades com o passar do tempo. Por esse motivo, o consumo ideal pode ser em até 12 horas depois de preparado.

No que diz respeito à quantidade de chá que se deve ingerir por dia, o ideal é que se beba até duas xícaras de 200 ml por dia.

Hibisco: mais sabor com mais qualidade de vida

Assim, podemos concluir que, além de saboroso, esse chá também possibilita a prevenção de uma série de doenças graves, como o câncer e a diabetes.

Além disso, o chá de hibisco é fácil de ser encontrado, podendo ser facilmente preparado.

E você, conhece mais benefícios propiciados por esse chá?

Dieta Low Carb: o que é, lista de alimentos e cardápio

Uma dieta low carb é uma dieta que reduz a quantidade de carboidratos ingeridos nas suas refeições diárias.

São exemplos de carboidratos: pães, massas e alimentos ricos em açúcar. São esses que devem ser evitados em uma dieta low carb.

Esse tipo de dieta, deve ser rica em proteínas, gorduras magras, vegetais com baixo amido, além de legumes saudáveis.

Assim, se você está interessado em seguir uma dieta low carb, continue acompanhando esse artigo. Iremos aprofundar o assunto e dar algumas dicas. Confira!

O que comer durante uma dieta low carb?

Para que você saiba quais são os alimentos que você pode comer durante uma dieta low carb, é necessário saber alguns fatores, como:

  • Quão saudável você está
  • Qual a intensidade dos exercícios físicos que você pratica
  • Qual a quantidade de peso que você deseja perder

Por isso, todas as dicas e orientações dadas nesse artigo, não devem ser algo definitivo. Não estamos prescrevendo nada. Estamos auxiliando.

Dessa forma, caso, ao fim deste artigo você se interesse em fazer uma dieta low carb, é fundamental que você procure um nutricionista.

É ele que irá te passar o melhor cardápio, de acordo com a sua saúde no momento.

Mas não se preocupe, não vamos deixar de te dar algumas dicas do que comer.

Por isso, esses são alguns alimentos que fazem parte de uma dieta low carb:

  • Carne
  • Peixe
  • Ovos
  • Legumes
  • Vegetais
  • Sementes
  • Laticínios
  • Gorduras
  • Óleos saudáveis

Por outro lado, há alimentos que não fazem parte desse tipo de dieta. São eles:

  • Açúcar
  • Trigo e todos os seus derivados
  • Farinhas
  • Massas
  • Alimentos ricos em amido, como por exemplo, o arroz
  • Óleos vegetais
  • Gorduras trans

Entendendo melhor a lista de alimentos proibidos em uma dieta low carb

Dieta Low carb - entendendo melhor a lista de alimentos proibidos
  • Açúcar

Como falei anteriormente, o açúcar é um dos alimentos proibidos em uma dieta low carb.

Nesse item, entram alimentos como refrigerantes, sucos de fruta, doces, sorvetes, sobremesas e etc.

  • Gorduras Trans

Aqui entram todos os alimentos que possuem óleos hidrogenados ou parcialmente hidrogenados.

Além disso, alimentos que possuam esse tipo de gordura na sua composição, também estão proibidos.

Como exemplos, posso citar bolachas, biscoitos, batata frita congelada, margarina e etc.

  • Grão Ricos em Glúten

Aqui entram pães, cervejas e massas.

Além disso, trigo, cevada e centeio também estão proibidos.

  • Óleos Vegetais Ricos em Ômega 6

Aqui entram óleos de algodão, girassol, milho, cártamo e canola.

  • Produtos Diet e com Baixo Teor de Gordura

Não se engane, para que esses alimentos sejam saborosos, é acrescentado uma grande quantidade de açúcar.

Por isso, leite desnatado, iogurte zero gordura, barrinhas de cereais e etc são proibidos.

  • Alimentos Altamente Processados

Linguiça, salsicha… em resumo, é qualquer tipo de alimento industrializado.

Por isso, esses alimentos você não deve comer.

Exemplo de cardápio low carb para uma semana de dieta

dieta-lowcarb-exemplo-de-cardapio
  • Segunda-feira

Você pode comer no café da manhã, uma omelete com legumes variados e de sua preferência.

No almoço, você pode ingerir bifes de contra-filé com uma salada de alface e tomate.

Na janta, você pode comer uma sobrecoxa assada com pele junto com uma sopa de couve.

  • Terça-feira

No café da manhã, você pode comer um creme de abacate.

No almoço, opte por uma bisteca de porco frita na manteiga com vegetais.

E na janta, você pode apostar em uma coxa de frango (com pele) junto com um espinafre ao molho branco.

  • Quarta-feira

No café da manhã você pode comer bacon e ovos.

No almoço, você pode consumir carne moída com abobrinha e salada.

Na janta escolha uma lasanha de berinjela low carb.

  • Quinta-feira

No café da manhã você pode fazer uma omelete com frango.

No almoço você pode ingerir espaguete de abobrinha com coxas de frango.

Na janta você pode comer um bife à cavalo com salada de repolho roxo, pepino e tomate.

  • Sexta-feira

No café da manhã você pode comer ovos mexidos com bacon.

No almoço você pode comer frango com palmito e salada.

Na janta você pode optar por um estrogonofe com salada e couve-flor.

No sábado e no domingo, o cardápio fica por sua conta. No entanto, você não pode deixar de seguir a dieta low carb.

Enfim, espero que você tenha entendido como funciona a dieta low carb e tenha gostado das nossas dicas. Até mais!

Dieta vegetariana: confira o cardápio completo e veja como fazer

Muitas pessoas já ouviram falar na dieta vegetariana, mas ainda é muito pouca conhecida de verdade.

Muito benéfica para a saúde e para a mente, essa dieta exclui proteínas de origem animal dos alimentos de forma integral ou parcial por razões éticas, ambientais ou de saúde.

Você sabia que a dieta vegetariana tem sido praticada há milênios e que era conhecida como “dieta vegetal” ou “xerofagia”?

Pois é, há muitas coisas que você ainda não sabe sobre essa dieta e iremos te explicar tudo!

Muitos filósofos da antiguidade grega eram vegetarianos. Por causa de seus escritos sobre o assunto, Pitágoras foi e ainda é considerado o pai do vegetarianismo e seus seguidores eram chamados de “pitagóricos”.

Do mesmo modo, com o tempo, muitos outros pensadores famosos (como Leonardo da Vinci, Benjamin Franklin, Mahatma Gandhi e Albert Einstein) adotaram o vegetarianismo.

Mais recentemente, famosos como Brigitte Bardot, Aymeric Caron, Moby, Yoko Ono ou Paul McCartney igualmente defendiam em público o vegetarianismo e suas importâncias.

Mas quais os benefícios da dieta vegetariana? Por que no mundo antigo e atual, muitas pessoas adotaram esta filosofia de vida? É o que vamos descobrir.

Antes de mais nada, veja algumas características desta dieta incrível

  • Rica em Fibras e Micronutrientes
  • Faz Importantes Combinações de Alimentos
  • Protege Contra o Excesso de Peso e Doença Cardiovascular
  • Existem Diferentes Variantes de Receitas
  • Rica em Nutrientes

Contudo, existem diferentes variantes dessa dieta, veja só:

  • A ampla dieta vegetariana: nessa dieta, é possível comer peixe, laticínios e ovos. Esta é a maneira mais fácil de adotá-la. Desse modo, apenas carne não é permitida.
  • A dieta vegetariana Ovolacto: esse tipo de dieta não tolera o consumo de carne ou o consumo de peixe, mas os produtos lácteos e os ovos fazem parte dela.
  • A estrita dieta vegetariana: sem peixe, sem carne, sem ovo. Na estrita, somente produtos lácteos são consumidos.

Muitas pessoas se tornam vegetarianos por vários motivos.

Dentre eles podem ser por causas religiosas, nutricionais, de saúde ou mesmo por respeitar a vida dos animais, por exemplo.

Benefícios da Dieta Vegetariana

Benefícios da Dieta Vegetariana

Quem adota o estilo de vida dessa dieta, nota melhoras significativas em seu corpo.

Veja como a dieta vegetariana melhora a saúde após um período. Nesse sentido, em todos os casos, ajuda na prevenção de certas doenças como:

  • Doenças Cardiovasculares
  • Diabetes
  • Obesidade
  • Hipertensão
  • Osteoporose
  • Infecções Gerais
  • Constipação
  • Câncer

No caso de doenças cardiovasculares causadas principalmente pelos ácidos graxos saturados encontrados na carne, a dieta vegetariana se mostrou muito eficaz para pacientes que praticam esta dieta.

Geralmente, os vegetarianos têm níveis mais baixos de colesterol do que a população onívora, como resultado da falta de carne gordurosa em sua dieta.

Se for bem praticada, a dieta vegetariana pode ser rica em fibras trazidas em especial por vegetais e grãos integrais, ajudando assim a combater a constipação, diabetes e transtornos emocionais.

Há evidências de que as pessoas em uma dieta dessas têm um IMC abaixo da média.

Isso é provado pelo fato de que a adoção de uma dieta restritiva, como o vegetarianismo, leva a um melhor equilíbrio a ingestão de menos alimentos da indústria agroalimentar.

Como são consumidos muitos alimentos naturais, leva portanto a perda de peso e manutenção do emagrecimento.

Dica de Cardápio Vegetariano Para o Dia a Dia

Dica de Cardápio Vegetariano

Ao contrário do que muitas pessoas pensam o cardápio vegetariano pode ser muito variado e riquíssimo em vitaminas e minerais.

A dieta vegetariana baseia-se essencialmente no consumo de vegetais: frutas, verduras, legumes e cereais.

Portanto, toda carne animal é banida completamente de sua dieta, e basicamente inclui todas as carnes, assim como peixes e frutos do mar.

Ao contrário da dieta vegana, a dieta vegetariana permite o consumo de subprodutos animais como leite e produtos lácteos, os ovos e mel.

Para te ajudar preparamos algumas ideias de cardápios para você preparar na sua casa e com isso desfrutar da dieta vegetariana e seus benefícios.

# Café da Manhã

  • OPÇÃO 1

Tapioca recheada com ovos mexidos, queijo ou geleia de frutas; Banana amassada com aveia e canela; suco de frutas naturais; porções de frutas.

  • OPÇÃO 2

Shaike proteico; Iogurte natural desnatado ou qualhada; Bolachas arroz integral; Pasta de Amendoim processada naturalmente; Mamão; Chás diversos e café. (para adoçar suas refeições você pode usar melaço de cana).

# Lanches

Para as refeições entre o café da manhã e almoço, você pode variar em: Sementes secas como Castanhas, nozes, amendoim, uva passas, além de porções de frutas.

# Almoço

  • OPÇÃO 1

Salada verde com alface, rúcula, agrião e molho de tofu; Cenoura ralada; Palmito picado; Purê de mandioquinha ou batata; Feijão; Beterraba com cebolinha picada.

  • OPÇÃO 2

Macarrão Integral; Grão-de-bico cozido; Salada de tomate-cereja; Abóbora japonesa com a casca reforgada com azeite, sal e pimenta; Brócolis assado e Arroz Pasmati.

# Lanche da Tarde

  • OPÇÃO 1

Mandioca cozida com queijo cottage.

  • OPÇÃO 2

Rodelas de batata-doce cozida com tofupiry

  • OPÇÃO 3

Crepioca de coco e chia

# Jantar

  • OPÇÃO 1

Sopa de lentilha ou de ervilha; Abobrinha e berinjela em rodelas grelhadas com azeite extravirgem, sal e ervas (tomilho, orégano a gosto).

  • OPÇÃO 2

Salada mista de alface, rúcula, couve; Cenoura ralada com grão-de-bico; Omelete de tomate e pão de centeio.

Em conclusão, a dieta vegetariana é sinônima de um estilo de vida saudável. É muito rico em fibras, vitaminas e carboidratos complexos.

Além disso, oferece uma grande variedade de alimentos, com um painel de cores incríveis e espécies muitas vezes esquecidas.