OneWeb atinge meta de satélites lançados para oferecer internet

Agora são 254 satélites da OneWeb em órbita no hemisfério norte, e os próximos passos são os lançamentos para o hemisfério sul.

36 satélites de Internet OneWeb foram colocados em órbita pelo foguete russo Soyuz, elevando a frota da empresa para 254 unidades, o suficiente para iniciar o serviço comercial acima de 50 graus de latitude.

A empresa OneWeb, sediada em Londres está construindo uma rede global de internet baseada no espaço.

Ela planeja lançar 648 satélites até o próximo ano para completar sua frota de primeira geração, fornecendo serviços de Internet de baixa latência.

Os satélites da OneWeb foram presos dentro do cone do foguete Soyuz-2.1b para lançamento na quinta-feira. Um estágio superior Fregat montado no topo do foguete Soyuz completou a tarefa de colocar a espaçonave OneWeb em órbita.

Esses satélites transmitem sinais de Internet de banda larga para usuários em terra, no mar ou no ar, fornecendo conectividade de alta velocidade e baixa latência para consumidores, grandes empresas e governos.

OneWeb está competindo com a rede Starlink da SpaceX, juntamente com constelações de Internet planejadas de outras empresas.

Com os satélites lançados na quinta-feira, a OneWeb terá satélites suficientes para fornecer serviços de internet a clientes ao norte de 50 graus de latitude. Isso levará alguns meses enquanto a nova espaçonave passa por testes de pós-lançamento e aumento de órbita.

OneWeb saiu da falência no ano passado sob a propriedade da Bharti Global e do governo do Reino Unido, e retomou os lançamentos em dezembro.

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson disse que este último lançamento dos satélites colocará a banda larga de alta velocidade ao alcance de todo o hemisfério norte ainda este ano, incluindo a melhoria da conectividade nas partes mais remotas do Reino Unido.

A OneWeb, que é apoiada pelo governo britânico, adquiriu os serviços de lançamento da Soyuz por meio da Arianespace, a provedora francesa de serviços de lançamento.

Quatro lançamentos Soyuz para OneWeb estão programados no Cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, ainda este ano, dois em agosto, um em setembro e um em dezembro. Cada missão implantará mais de 30 satélites OneWeb.

Há também um lançamento Soyuz para OneWeb agendado a partir do Centro Espacial da Guiana, na América do Sul, ainda este ano.

Os satélites foram programados para estender seus painéis solares de geração de energia e ligar os propulsores de plasma alimentados por xenônio para aumentar sua altitude para 1.200 quilômetros, onde se juntarão ao resto da constelação OneWeb.

Fonte: spaceflightnow

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais lidas

Recentes