Cobras venenosas estão invadindo aviões por causa da pandemia

Mais de dois terços dos aviões do mundo pararam por causa da pandemia, causando a invasão de cobras em alguns locais

Desde o início da pandemia e as restrições de viagem que ela impôs, milhares de aviões foram parados por companhias aéreas de todo o mundo.

E cobras venenosas como cascavéis e até escorpiões estão invadindo aviões da companhia aérea Qantas no deserto da Califórnia.

Mas a equipe da empresa tem tomado todos os cuidados necessários para realizar a manutenção semanal.

Embora o calor seco e a baixa umidade do deserto da Califórnia o tornem o local de armazenamento ideal para aeronaves, também é o ambiente ideal para cascavéis e escorpiões altamente venenosos.

A companhia aérea revelou que os engenheiros encarregados de manter os A380 que atualmente estão estacionados em depósitos profundos descobriram uma maneira de baixa tecnologia, mas eficaz, de evitar cascavéis e escorpiões de Mojave, que costumam ser encontrados nos poços das rodas e nos pneus das aeronaves aterradas. Eles usam um cabo de vassoura para assustá-los.

“A primeira coisa que fazemos antes de desembrulhar e iniciar qualquer inspeção de solo do trem de pouso, em particular, é andar ao redor da aeronave batendo os pés e batendo nas rodas com um golpe de roda para acordar e espantar as cobras”, disse o Sr. Heywood . “Trata-se de garantir que nenhum dano aconteça aos nossos engenheiros ou às cobras.”

Essa área é bem conhecida por cobras se enrolarem em volta dos pneus de borracha quentes e nas rodas e freios da aeronave ​​e os engenheiros encontraram algumas dessas cobras e também alguns escorpiões.

A cascavel de Mojave é uma espécie de serpente altamente venenosa encontrada nos desertos do sudoeste dos Estados Unidos e centro do México.

Seu veneno ataca o sistema nervoso com mais força do que o de outras cascavéis e pode causar problemas de visão, respiratórios e até a morte se não tratada.

Fonte: ndtv

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais lidas

Recentes